Últimas Notícias do GrêmioGreNal

Técnico do Inter tira sarro do Grêmio em entrevista

Um dos técnicos responsáveis pelo rebaixamento do Inter à Série B em 2016, o gaúcho Argel Fucks deu o que falar em recente entrevista ao podcast Benja Me Mucho, do jornalista Benjamin Back, no Youtube.

Colorado de coração, o atual técnico da Chapecoense foi perguntado pelo apresentador como é a sua relação com o Grêmio e Inter, considerados os principais clubes do Rio Grande do Sul. Demonstrando todo o seu amor ao time vermelho, Argel fez uma revelação surpreendente: o profissional vibrou com a queda gremista para a Segunda Divisão em 2021.

“Claro que sim (fiquei feliz com a queda do Grêmio para a Série B). O acesso do Grêmio veio muito rápido, podia ter ficado mais um ano na Série B”, declarou o comandante ex-Inter, arrancando risadas de Back.

Técnico participou de queda do Inter em 2016

Apesar de debochar do Grêmio, Argel Fucks participou de um dos piores anos da história do Inter. Isto porque o treinador comandou o Colorado em boa parte do Campeonato Brasileiro de 2016, quando o time foi rebaixado à Série B.

Além disso, o comandante acabou saindo de mãos abanando da casamata colorada, afinal não conseguiu alcançar o desejo do clube de acabar com o incômodo jejum de títulos relevantes. Vale ressaltar que, desde o final de 2010, quando foi eliminado pelo Mazembe, do Congo, o Inter acumula muitos anos de decepções, ficando geralmente no quase.

Durante estes quase 12 anos sem conquistas, muitos vexames podem ser citados pelos torcedores colorados, inclusive pelas mãos de Argel Fucks. Entre eles estão a goleada de 5 a 0 sofrida para o Grêmio em 2015, o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro em 2016 (na mesma semana em que o rival foi pentacampeão da Copa do Brasil), e a segunda colocação da Segunda Divisão de 2017, atrás do América-MG, enquanto o Imortal sagrava-se tricampeão da Copa Libertadores da América.

Daniel Vidal

Gremista jornalista formado no Olímpico Monumental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo