CampeonatoJogadoresÚltimas Notícias do Grêmio

Últimas do Grêmio: o rumor sobre Paulo Miranda, a exigência de Renato e mais

As últimas do Grêmio estão chegando para deixar você bem informado sobre as principais notícias do Tricolor nesta terça-feira (8), com mais uma informação acerca do futuro do zagueiro Paulo Miranda, a cláusula que será colocada no contrato de Renato Portaluppi e mais.

Paulo Miranda voltará ao Grêmio?

Após o término da Série B do Brasileirão, o Grêmio já vive a expectativa da próxima temporada. Com o acesso à Série A garantido, o clube gaúcho agora se mexe para planejar o ano de 2023, que provavelmente terá a permanência de Renato Portaluppi como técnico gremista.

Nesse sentido, o treinador tem feitos alguns movimentos no mercado de transferências em busca de reforços, que viriam com a aprovação do próximo presidente do Imortal. Uma dessas contratações, segundo informações divulgadas nesta última segunda-feira (7) pelo jornalista João Batista Filho, da Rádio Band/RS, seria a volta de duas figuras ao vestiário gremista: Maicon e Paulo Miranda.

Enquanto o primeiro voltaria como coordenador de vestiário, em uma função semelhante a desempenhada por Marcelo Oliveira em 2021, o segundo retornaria como uma opção à zaga gremista. No entanto, de acordo com o jornalista Diego Torbes, do Portal do Gremista, não procede o rumor de que Renato esteja interessado na volta de Paulo Miranda, especialmente pelo desgaste do seu nome junto a torcida.

Renato irá colocar cláusula no seu contrato de renovação

Garantido na Série A do Campeonato Brasileiro, o Grêmio terá no próximo sábado (12) a eleição presidencial que definirá uma nova gestão para os próximos anos. Visando o principal cargo do clube gaúcho, Alberto Guerra e Odorico Roman são os dois únicos candidatos inscritos no pleito, que definirá o próximo presidente gremista.

Apesar de rivais, os dois já demonstraram interesse na permanência de Renato Portaluppi como técnico do Imortal em 2023. Com isso, conversas já acontecem para a permanência do comandante, algo desejado pelo próprio ídolo. No entanto, de acordo com informações divulgadas nesta terça-feira (8) pelo jornalista João Batista Filho, Portaluppi já pediu para que os candidatos coloquem uma cláusula de liberação em seu contrato.

Segundo o comunicador, o treinador solicitou uma cláusula de saída no seu vínculo caso chegue uma proposta da Seleção Brasileira. Vale ressaltar que o contrato só será assinado após a definição do novo presidente do Imortal Tricolor, que acontecerá no pleito de sábado. Além disso, como de costume, Renato não colocará qualquer multa contratual no documento, podendo ambas as partes desfazerem o acordo quando desejado.

Últimas do Grêmio: disputa eleitoral ganha mais um capítulo

Com o acesso garantido à Série A do Campeonato Brasileiro, o Grêmio já vive a expectativa da eleição presidencial que definirá uma nova gestão para próxima temporada. Visando o principal cargo do clube gaúcho, Alberto Guerra e Odorico Roman, os dois candidatos inscritos, travam uma batalha nos bastidores na semana que antecede o pleito.

Uma dessas disputas diz respeito a uma denúncia de que a Chapa 1, capitaneada por Roman, esteja realizando diversos envios de mensagens e ligações para sócios do Tricolor para apresentar a sua propaganda de candidatura. Com isso, a Comissão Eleitoral do clube ordenou que tal movimento cesse imediatamente, intimando a chapa de Roman para apresentar defesa.

Após a argumentação da Chapa 1, um acordo foi firmado entre os candidatos à presidência do Imortal, prevendo que a Chapa 2, de Guerra, também tenha o direito de disparar uma única mensagem eletrônica ou ligação, entre às 12h do dia 9 de novembro até às 12h do dia 10 deste mês. Nesse sentido, a comissão eleitoral determinou regras para que ambas as chapas realizem o contato de forma padrão, sem cometer irregularidades.

Daniel Vidal

Gremista jornalista formado no Olímpico Monumental.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo