Últimas Notícias do GrêmioJogadores

Volante do Grêmio dá relato assustador sobre como foi salvo das enchentes

Até o momento, 116 pessoas já perderam a vida em meio às inundações

Grêmio Felipe Carballo
Imagem: Lucas Uebel/ GFBPA

Meio-campista do Grêmio revela drama sobre resgate durante as enchentes no RS

O estado do Rio Grande do Sul está passando por uma das crises mais severas dos últimos anos devido a enchentes catastróficas. Felipe Carballo, volante do Grêmio, deu um relato emocionante sobre sua experiência nas enchentes devastadoras que atingiram a região. Em uma entrevista à Rádio Sport 890, o jogador uruguaio compartilhou os desafios enfrentados durante o evento climático extremo que desolou muitas vidas e lares.

O uruguaio revelou que vários funcionários do Tricolor e pessoas próximas perderam tudo em meio às inundações. Carballo mora em Eldorado do Sul, uma das áreas mais afetadas pelas chuvas intensas, e detalhou o drama pessoal de se manter seguro e, ainda assim, enfrentar as águas que subiam rapidamente em meio ao caos.

Leia mais:

Campeão da Copa do Brasil pelo Grêmio é mais um engajado no socorro às vítimas do RS

Confira quem são os jogadores da dupla GreNal que estão ajudando as vítimas das enchentes no RS

Confira o que disse o jogador

“Na verdade o que está passando é catastrófico. Eu, por sorte, pude vir ao Uruguai. O bairro que eu morro (em Eldorado) está inundado, estávamos incomunicáveis, sem eletricidade, sem internet. Por sorte pude ir até um companheiro caminhando pela água, até que pudéssemos ter comunicação para poder pedir um bote. (…) Eu, por sorte, estava sozinho. A água estava subindo muito rápido, e tomou a decisão de caminhar até meu companheiro (Pavón). Passamos duas noites com pouca comida e água. Fui então até minha casa numa espécie de tábua, peguei algumas roupas e quando voltei estava lá um bote que nos levou”, disse Carballo.

 

Imagem destaque:

Gabriel Borba

Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e setorista do Grêmio (@gborba05).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo