GRÊMIO NÃO QUERIA TER SE LIVRADO DE ALISSON: ENTENDA

O vice-presidente de futebol do Grêmio, Denis Abrahão, contou que o clube não queria ter se desfeito de Alisson. Partiu do jogador a vontade de deixar Porto Alegre.

O jogador procurou a direção e disse que não aguentava mais as críticas que sofria da torcida. No entendimento do atacante, mudar de ares seria o melhor caminho para a sua carreira e também faria algo que a torcida estava esperando.

Alisson ajudava mais na marcação do que no ataque, fazendo com que seu número de gols e assistências não fosse alto.

O jogador era um dos favoritos do técnico Renato Portaluppi, embora nunca tenha caído nas graças dos torcedores.

Chama atenção que ele deixou Porto Alegre sem a conquista de grandes títulos, porque chegou logo após a conquista da Libertadores 2017.

Enfim, não é um jogador tão ruim quanto os gremistas pensam, e está longe de ser bom conforme os treinadores parecem acreditar que realmente é.