Últimas Notícias do GrêmioJogadores

Weverton, goleiro do Palmeiras, faz reclamação pesada sobre estádio Centenário

O estádio vem sendo a nova casa temporária do Tricolor

Weverton, goleiro do Palmeiras, faz reclamação pesada sobre estádio Centenário
Imagem: Cesar Greco/ Palmeiras

Após empatar com o Grêmio, Weverton, do Palmeiras, critica o estádio Centenário

Grêmio e Palmeiras se enfrentaram na noite desta quinta-feira (04) em uma partida emocionante válida pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo, realizado no estádio Centenário, em Caxias do Sul, terminou em um empate por 2 a 2, com o Tricolor Gaúcho como mandante.

Após o apito final, o goleiro Weverton, do Palmeiras, fez duras críticas às condições do Centenário. Acostumado a jogar em grama sintética em São Paulo, o arqueiro não poupou palavras ao avaliar as estruturas do estádio do Caxias.

É um dos piores gramados que já pisei, iluminação bem ruim também”, desabafou o goleiro.

Leia mais:

Paulo Nunes se impressiona com jovem atacante do Grêmio e rasga elogios: “diferenciado”

Centroavante cogitado pelo Grêmio acaba de ser anunciado pelo Cerro Porteño

Apesar das condições adversas, o empate não alterou as posições das equipes na tabela do Brasileirão. O Tricolor, comandado por Renato Portaluppi, permanece na zona de rebaixamento, ocupando a antepenúltima colocação. Por outro lado, o Palmeiras continua firme na terceira posição, mantendo-se entre os líderes da competição.

O jogo

A partida foi marcada por um início eletrizante, com o Grêmio abrindo o placar cedo com Gustavo Nunes. De pênalti, Franco Cristaldo ampliou em 2 a 0 o placar. No entanto, em um intervalo de tempo de três minutos, a equipe de Abel Ferreira reagiu rapidamente empatando o jogo com Flaco López e Estêvão.

O Imortal, agora, retorna a Caxias do Sul para enfrentar o Juventude no próximo domingo (07).

 

Imagem destaque: Cesar Greco/ Palmeiras

 

Gabriel Borba

Jornalista, pós-graduado em Jornalismo Esportivo e setorista do Grêmio (@gborba05).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo